segunda-feira , 4 julho 2022

Descubra a beleza das cavernas e cachoeiras de Eldorado

34914Quarto maior município do Estado em extensão, com uma área de 171.200 hectares, a cidade de Eldorado, localizada no Vale do Ribeira, é famosa por suas cavernas. A principal delas é a Caverna do Diabo, também conhecida como Gruta da Tapagem. Apontada como uma das mais belas do mundo abertas à visitação, tem oito quilômetros de extensão mapeados, dos quais 600 metros têm infraestrutura para o turismo como escadas, iluminação e passarelas.

No passado, a caverna rendeu muitas histórias. Segundo os índios, o local era sagrado e quem entrasse seria atingido por uma gota d´água e transformado em pedra. Com essa crença, explicavam a origem das formações calcáreas resultantes da ação das águas. Já os caboclos acreditavam que a caverna era a porta do inferno, por isso nunca se aproximavam do local. Isso, no entanto, fez parte das histórias locais e, hoje, em média, cerca de 150 pessoas por semana descobrem a beleza do local.34915

Durante o passeio, é impossível não se encantar com o som das goteiras e as imensas estalactites (formações rochosas que descem do teto), estalagmites (iguais às estalactites, mas crescem do chão) e as colunas (quando as duas formações se encontram). Cada uma delas levou milhões de anos para se formar.

Para preservar o local, a prefeitura municipal elaborou um conjunto de regras que devem ser seguidas à risca pelo turista. Clique aqui para conhecê-las.

Outras atrações

34916Em 1993, a cidade de Eldorado foi reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como Reserva da Biosfera do Patrimônio Mundial. Cerca de 30% do território é ocupado por Unidades de Conservação como o Parque Estadual do Jacupiranga e o Parque Estadual Intervales, que são áreas destinadas a preservação da Floresta Atlântica.

Em Eldorado, todos os passeios devem ser feitos com acompanhamento de um guia. Isso é muito bom, pois o turista pode aprender e conhecer muito mais sobre a região e suas histórias.

Para quem gosta de caminhar, a dica são as trilhas. Uma das mais procuradas é a trilha do Vale das Ostras que tem cerca de seis quilômetros e passa por diversas cachoeiras das mais variadas forma e tamanhos até chegar ao ponto mais alto do roteiro: a Queda de Meu Deus, com 53 metros de altura.

Outro passeio imperdível leva até o Mirante do Cruzeiro, uma montanha com 510 metros de altitude. Em dias claros, é possível ver o mar, as 34918cidades da região e o curso do rio Ribeira. O trecho, apesar de curto (1,5 quilômetro), exige muito fôlego, pois tem fortes inclinações.

As opções não param por aí. A Trilha do Bugio, com cerca de cinco quilômetros, passa pela Cachoeira do Araçá e pelas Grutas do Rolado III e II. Durante a caminhada, o turista poderá ver trechos com mata em estado de regeneração e, o que é melhor, nativa.

Também merece uma visita o Salto da Usina. Ali por volta de 1920 até 1950 funcionava uma pequena hidrelétrica que gerava energia elétrica para toda a cidade. O turista conta com toda infraestrutura para passar o dia: lanchonete, sanitários com chuveiros, quiosques equipados com churrasqueiras, água potável encanada e energia elétrica, quadra de futebol de areia, lago, trilha pela mata com ponte pênsil e estacionamento.

Comunidade quilombola

34920Você sabia que Eldorado é a cidade que possui o maior número de quilombos do Estado? Dos 24 que hoje são reconhecidos oficialmente, nove estão lá: Galvão, Nhunguara, Ivaporunduva, Pedro Cubas, São Pedro, Sapatu, André Lopes, Poça e Pedro Cubas de Cima. No total, são 523 famílias, atendidas pela Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp), que é responsável, em São Paulo, pelo reconhecimento dos quilombos e de seus territórios, por meio da elaboração de Relatório Técnico-científico (RTC). A origem dessas comunidades remontam à história do ciclo minerador iniciado no século XVII.

Como chegar

Localizada a 244 quilômetros da Capital, o acesso se dá pela rodovia Régis Bittencourt (BR-116) até Jacupiranga. Em seguida, a viagem continua pela SP-193, por 26 quilômetros, até Eldorado.

Para conferir como está o trânsito nas estradas, acesse os sites da Secretaria Transportes (http://www.transportes.sp.gov.br) e do DER (http://www.der.sp.gov.br). O internauta pode ver o fluxo graças às 33 câmeras espalhadas pelo Estado que transmitem imagens em tempo real.

Serviço

Posto de Informações Turísticas (PIT)34919
O PIT está na SP 193, bem na entrada principal da cidade para quem vem da BR-116 e atende todos os dias das 8 às 18 horas. No PIT, o turista recebe toda informação necessária para conhecer os atrativos turísticos de Eldorado e também sobre a infraestrutura do município.

Deixe um comentário

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube