segunda-feira , 20 setembro 2021

Magros de ruindade! A ciência busca explicar

Há muitos anos os pesquisadores buscam entender porque alguns indivíduos comem de tudo e em grande quantidade sem ganhar peso enquanto outros engordam só de olhar a comida.Na base do cérebro está a Hipófise , uma glândula muito importante para as nossas atividades metabólicas , e acima dela o Hipotálamo , região responsável pela manutenção do meio interno. Neste local está o controle da quantidade de calorias ingeridas , isto é quando temos mais calorias que o necessário o Hipotálamo manda um estímulo para o organismo queima-las .O processo pelo qual o organismo transforma o excesso de calorias em calor ao invés de armazenar como gordura , chama-se termogênese. Ao que tudo indica este processo é controlado pela parte do sistema nervoso que é chamada de simpático ou adrenérgico, isto é com ações semelhantes com a da adrenalina.Os receptores adrenérgicos que estão nos tecidos são os responsáveis pelos comandos do sistema nervoso para as células. Algumas pessoas apresentam alterações genéticas as quais fazem com que o cérebro ordene a queima das calorias mas o organismo não responda. O que se entende é que as pessoas com propensão a engordar tenham uma modificação no processo da queima das calorias e não convertem a alimentação em calor. Já outros indivíduos apresentam muito boa capacidade de queimar as calorias, comendo de tudo e em grande quantidade permanecendo magros e nos dando muita inveja. Não há dúvida , quanto menos calorias ingeridas mais anos de vida, a ciência busca as explicações e por enquanto nós pobres mortais ficamos controlando as calorias.

Fonte: Dr. Carlos Alberto Pastore

Deixe uma resposta

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter
YouTube